17 de jan de 2012

Mania de Tamanho P




Olá gente! Tudo bom?

Gurias, quantas de vocês, pelo menos uma vez na vida, já teve vontade de matar a coitada da vendedora, quando com um sorriso sem graça, ela lhe diz que aquela roupa que você quer não tem no seu tamanho? Coitadinhas das vendedoras, não é mesmo?! :P

Pois é gente, comigo isso sempre acontece! Você passa na frente da loja, olha a bela vitrine, ama aquele jeans lindo, aquela blusinha ou o vestido. Aí quando entra na loja para experimentar e a roupa simplesmente não entra em você. O pior nem é isso, a vendedora vem com peça no tamanho G, que mais parece um P.

Outra coisa que irrita, é que você passa por várias lojas lindas que todo mundo compra, e não tem uma numeração para pessoas normais. E quando eu digo normal, quero dizer que a maioria da população não usa apenas tamanho 38. Quer dizer, as melhores e mais bonitas peças são TODAS, ou pelo menos a maioria, do tamanho P e quiçá, se você tiver sorte, tenha uma no tamanho M. Se você já é mais cheinha, não pode comprar roupas nas lojas convencionais, pois você não vai encontrar qualquer coisa que queira.



O mesmo acontece com quem é mais magrinha, as ‘sequinhas’ tem que andar muito para encontrar roupas de gente grande, calças jeans então, nem se fala, é uma luta!

As marcas deveriam ter uma noção melhor de seus compradores, não é? Nem todas são ‘esbeltinhas’ como as modelos que vestem as roupas na passarela. Nem todas tem pouco busto, cintura perfeitinha e nem todas tem a altura considerada normal.

                                      

Inclusive, a palavra NORMAL não deveria ser usada em relação à roupas, na minha opinião, é claro! As mulheres têm formas tão diferentes e sempre vão estar meio descontentes com aqueles famosos dois quilinhos a mais. E então ela chega na loja e não tem o tamanho adequado para ela, ou então aquele tamanho está mais para um EXTRA, MEGA P. Aí não há alto-estima que aguente, não é amiga? :P

Sugestão para as marcas: Parem de olhar para as modelos com suas medidas perfeitas, e façam uma simples visita às ruas. É lá que estão as verdadeiras mulheres que vocês vestem ou pensam que vestem!



Lá é onde estão as altas, que todas as vezes são obrigadas a experimentar calças que ficam pelo tornozelo, as que têm a comissão de frente generosa, que ficam apertadas nos bojos, as baixinhas, que perecem estar com a roupa da prima que é mais alta.  Sem falar nas fofinhas que ficam sem ar para entrar na calça e fechar o zíper, as que têm pouco peito e ficam flutuando nas blusinhas.

Claro que não são todas as marcas que tem esse ‘P’equeno ‘P’robleminha, mas hoje em dia, tá uma espécie de mania de tamanho P, pra lá e pra cá. Que somos obrigadas a fazer um regime milagroso ou a entrar na loja do verdadeiro tamanho G. O que eu não acho nada de mais, mas convenhamos que as roupas dessas lojas são supercaras.

O fato é que temos que revirar as lojas, coisa que mulher nem se importa muito em fazer, mas poderia ser mais fácil encontrar aquela calça linda, que já é bem carinha, né...?!

Enquanto as marcas não facilitam as coisas, vou lá continuar procurando uma calça jeans linda para mim. Que não seja baixa demais, mas que também não seja com a cintura alta, que seja no comprimento certo,  que não engorde, que não me deixe com as pernas que nem varetas, que esteja com preço bom... 

Cruzes, realmente é difícil agradar as mulheres!!! ^^



Beijos meninas!!! o/




Um comentário:

  1. Realmente pra quem é magra demais como eu é dificil encontrar calça jeans, muito legal o post, bem pensado

    ResponderExcluir